Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GALERIA DOS GOESES ILUSTRES

INTROSPECÇÃO SOBRE A ORIGEM, O ALCANCE E OS LIMITES DA IDENTIDADE GOESA, E O SEU CONTRIBUTO HISTÓRICO E SOCIAL EM PORTUGAL E NO MUNDO

GALERIA DOS GOESES ILUSTRES

INTROSPECÇÃO SOBRE A ORIGEM, O ALCANCE E OS LIMITES DA IDENTIDADE GOESA, E O SEU CONTRIBUTO HISTÓRICO E SOCIAL EM PORTUGAL E NO MUNDO

560 Major CAETANO FERNANDES (07/11/1867)

98341133_1574111466089473_505951773148577792_o.jpg

“The great man is the man who does a thing for the first time”. — Alexander Smith

★Início de Vida

Nasceu em Goa, mas cresceu em Honawar, no estado contíguo de Karnataka, onde o seu pai, Dr. Bartholomeu Fernandes, era o médico ayurvédico mais renomado da sua época e cujo o seu tratado ilustrado em canarês ainda hoje está em uso.

O Major fez o seu ensino superior no St. Xavier's College, Bombaim; passou o seu L.M. & S. pela Grant Medical College, também em Bombaim, e seguiu para a Europa para estudos superiores.

Obteve seu M.D. em 1893 de Bruxelas com as mais altas honras. Lá, teve o privilégio de conhecer e jantar com Edward VII, que ficou agradado com o jovem que liderava a lista de médicos.

★Serviço á Sociedade

De volta a Bombaim, foi nomeado chefe do departamento de dermatologia do J. J. Hospital e professor de dermatologia no Grant Medical College. Ocupou esses cargos por três décadas e meia, fato esse na altura, sem igual no mundo da dermatologia.

Foi médico consultor dos governadores de Bombaim e de eminentes cidadãos que incluíram marajás, Mahatma Gandhi, Sardar Vallabhbhai Patel e Pandit Madan Malaviya.

A psiquiatria foi outra de suas dedicações. Fernandes conseguiu uma comissão no Serviço Médico Indiano durante a Primeira Guerra Mundial e foi encarregado do Hospital de Guerra da Marinha, com a patente de Major.

Durante um surto de peste, dedicou-se desinteressadamente na cura dos doentes.

Também teve um papel de destaque na vida pública da cidade e foi membro da Corporação Municipal de Bombaim entre 1919-1925.

Foi o primeiro membro católico do Conselho Legislativo de Bombaim.

Juiz de Paz e magistrado honorário da Presidência, foi eleito para o Senado da Universidade de Bombaim, o Conselho Médico de Bombaim, e o Colégio de Médicos e Cirurgiões de Bombaim.

Foi Fundador e Administrador da Gincana Católica e Presidente Fundador da Associação Católica de Kanara (KCA), uma instituição fundada em 1901, que congregava a comunidade Mangaloreana de Bombaim e de forte protagonismo social dos seus membros.

A «Sociedade Cooperativa de Crédito Dr. C. Fernandes», em Honawar, foi iniciada em 1930, após o seu gigantesco depósito de Rs. 3.000 sem juros.

Diz quem o conheceu, que a sua vida foi dedicada ao serviço da humanidade, independentemente da casta e credo.

★Vida Pessoal

O Major Fernandes foi casado com dona Leocádia Annália da Rocha, de família aristocrática de Quitula, Aldona, Goa.

Tiveram quatro filhas e sete filhos.

Faleceu em 1943.
 
 
 
 
 

559 O CHAFARIZ DE CACILHAS (01/11/1874)

1935443_522104217956875_6831046379273891948_n.jpg

"Chafariz de Cacilhas"

"A camara municipal de Almada acaba de levar a efeito um grande melhoramento no logar de Cacilhas, qual o de construção de um chafariz, cujo desenho apresentamos hoje a nossa estampa.

Esta obra reclamada, havia muito tempo, não só pelos moradores d'aquelle logar, mas também, por inúmeras famílias que frequentam Cacilhas na estação calma, tornava-se da maior necessidade, atendendo a difficuldade que havia de obter agua n'aquella povoação.

Cabe ao ilustre presidente da actual vereação d'aquelle concelho, o sr.Bernardo Francisco da Costa [vide biografia nesta página], homem de génio e acção, bem conhecido já, quer pelas suas publicações litterárias, quer na tribuna como deputado, a glória da realisação de tão útil trabalho, que constitue o maior brazão da administração municipal d'aquelle cavalheiro.

Não foram poucos os dissabores por que passou o sr.Costa, desde de ajustar com o proprietário da nascente a compra da água.

Em 10 de agosto último deu-se princípio a obra, e logo dia 13, se assentou a primeira pedra para os alicerces do chafariz. No dia 17 começaram as obras de encanamento, que ficou concluido dia 12 de setembro, até ao reservatório onde água chegou ás 6 horas da tarde do mesmo dia. No dia 28 de outubro experimentou-se todo o encanamento, e valvulas, conhecendo-se estar tudo nas melhores condições."


in Diário Ilustrado, 01 de Novembro de 1874

 

558 MONUMENTO AO CRISTO-REI (1931)

99441178_1571631916337428_3866257434473398272_o.jp

Situado defronte á Catedral de São Patrício, em Carachi, a maior cidade do Paquistão, foi mandado edificar pela comunidade Goesa aí residente, no então Raj Britânico.

Decidida a sua construção em 1926, foi, segundo projeto de 1927 de autoria de M.X.Andrade, inaugurado em 18 de Outubro de 1931.

A supervisão da construção esteve a cargo de Augusto Rodrigues.

A estátua de Jesus Cristo, foi oferta do Major Quadros, membro do exército britânico.

Foi inteiramente construído em mármore de Carrara, tendo custado 81.500 rúpias.

No seu interior encontra-se uma cripta, com a capacidade de até 150 pessoas, onde se destacam dois painéis, representando um o Céu, e outro o Inferno, e ainda uma réplica do túmulo e corpo de São Francisco Xavier.

O dia festivo do monumento, realiza-se no último domingo de Novembro, antes do Advento.

Duramente castigado pelos elementos e pelo desaparecimento de pedra, o monumento foi alvo de um profundo restauro que terminou em 2013, e lhe devolveu o esplendor original, tendo orçado em 115.000 dólares.

O monumento serviu ainda de inspiração a um outro existente em Assolna, Goa, e que foi inaugurado em 1937.

Estamos então perante um Cristo-Rei anterior ao do Rio de Janeiro, Almada ou Díli.

 — in Karachi, Pakistan.

 
 
 
 
 

557 SEBASTIAN DE SOUZA (19/04/1993)

97231318_1567704520063501_3366626457320161280_n.jp


De avô goês e filho do conhecido ator e produtor britânico Edward de Souza, Sebastian é um jovem artista multifacetado, sendo músico, ator, argumentista e produtor.

Como músico canta e toca piano e clarinete.
Ganhou uma bolsa de estudos de música na St. Edward's School em Oxford aos 13 anos.

Enquanto ator apresentou-se em várias produções teatrais no North Wall Arts Center da St. Edward's School, incluindo os papéis de Puck em «Sonho de uma Noite de Verão», Pip em «Great Expectations» e Henry V em «Henry V».

Teve que recusar uma oferta para se tornar membro do National Youth Theatre, a fim de aceitar o papel de Matty em «Skins».

Na tela participou em Plastic (2014) como Rafa, em Kids in Love (2016) como Milo e como argumentista, e em Ophelia (2018) como Edmund.

Na televisão, desempenhou diversos papéis em séries, incluindo «Medici: Masters of Florence» onde foi Sandro Botticelli, e apresentou ainda um documentário.

Em 2012, fez coros como convidado, para o single de Cubiq, "Say".

Fundou sua própria empresa de gestão de marcas, chamada «de Souza».
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

556 'ANJALI' MENDES (29/01/1946)

96159614_1562680517232568_8746529254230982656_n.jp


Phillys Margareth Mendes, mais conhecida como Anjali Mendes, foi a primeira supermodelo surgida do sub continente indiano, ainda nos anos 70 do século XX.

Com origem familiar em Santa Cruz, Goa, filha de Caetano e Flora Mendes, Anjali conheceu a rejeição da sua carreira na Índia por ser demasiado alta, magra e escura, para os padrões indianos. Bendita hora.

Rumou a Paris, onde o seu 'exotismo' foi muito bem aceite, tornando-se a musa de Pierre Cardin durante as décadas de 1970 e 1980.

Juntamente com 'China' Machado, também ela com alguma ascendência Goesa, foram as primeiras modelos a quebrarem e a alargarem o padrão racial vigente, antecedendo em muitos anos modelos como Grace Jones ou Naomi Campbell.

Outros designers para os quais ela trabalhou incluem Emanuel Ungaro, Elsa Schiaparelli, Givenchy ou Yves Saint Laurent (na foto).

Após a aposentadoria das passarelas, administrou as operações indianas da Casa Cardin por 18 anos.

Morreu em 17 de junho de 2010 repentinamente após queda em sua casa, na Provença, não tendo deixado descendência.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D