Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

GALERIA DOS GOESES ILUSTRES

INTROSPECÇÃO SOBRE A ORIGEM, O ALCANCE E OS LIMITES DA IDENTIDADE GOESA, E O SEU CONTRIBUTO HISTÓRICO E SOCIAL EM PORTUGAL E NO MUNDO

GALERIA DOS GOESES ILUSTRES

INTROSPECÇÃO SOBRE A ORIGEM, O ALCANCE E OS LIMITES DA IDENTIDADE GOESA, E O SEU CONTRIBUTO HISTÓRICO E SOCIAL EM PORTUGAL E NO MUNDO

539 «NATAL DA ÍNDIA PORTUGUESA»

80613287_1434667663367188_8239569787265482752_o (1



"Natal da Índia Portuguesa", "Natal de Goa" ou "Vamos a Belém" é uma canção de Natal tradicional indo-portuguesa originária, como o nome indica, do antigo Estado Português da Índia.

★História
«Vamos a Belém» é uma música tradicional de Goa (daí o seu nome alternativo, "Natal de Goa", que foi a capital do Estado Português da Índia).

Segundo o musicólogo português Mário de Sampayo Ribeiro, foi composta em Portugal no século XVIII e da metrópole foi levada para o Oriente. A favor desta #teoria, está o facto de a a música ter um caráter evidentemente europeu e a parte poética estar escrita em português padrão e não num dialeto indo-português ou em canarim.

A canção era ainda interpretada pelo Natal nessa mesma região por volta de 1870.

Por intermédio de um sacerdote goês foi transmitida a Mário Sampayo Ribeiro que a harmonizou e publicou como um dos 'Sete Cantares do Povo Português' em 1955.

Este trabalho terá completado o ciclo, popularizando de novo a cantiga na Metrópole.

★Harmonizações
Das harmonizações que recebeu destacam-se:

.'Natal da Índia Portuguesa' por Mário de Sampayo Ribeiro
.'Vamos a Belém' por Manuel Ferreira de Faria

★Letra
O tema da letra desta canção é o relato de um episódio da adoração dos pastores. Na verdade, descreve um episódio intermédio entre a anunciação aos pastores, em que os zagais são informados do nascimento de Jesus e a adoração dos pastores, em que os mesmos visitam o Menino. Nesta composição, estas personagens bíblicas vão ainda no caminho até ao presépio, atravessando os campos apressadamente sob um céu iluminado.

Vamos a Belém,
Beijar o Menino.
Filho de Maria,
O Verbo Divino.

Vamos a Belém,
Vamos apressados.
Luzes aparecem
Por esses 'scampados.

Vamos a Belém,
Vamos sem demora,
A ver o Menino
Que nasceu agora.

★Discografia
.1983 — Cantigas de Natal. Os Larocas & Os Meninos Rabinos. Metro-som. Faixa 3: "Natal de Goa".
M1995 — Natal Português. Coral T.A.B. Ovação Records. Faixa 6: "Natal…".
.1996 — Os Melhores Coros Amadores da Região Centro. Coral Vera Cruz. Public-Art. Faixa 2: "Natal da Índia".
.2009 — Laudate Natal. Coro Laudate de São Domingos de Benfica. Public-art. Faixa 6: "Vamos a Belém".
.2011 — Canções de Natal Portuguesas. Coro Gulbenkian. Trem Azul. Faixa 20: "Natal da Índia Portuguesa".
 
 
 
 
 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D