Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GALERIA DOS GOESES ILUSTRES

INTROSPECÇÃO SOBRE A ORIGEM, O ALCANCE E OS LIMITES DA IDENTIDADE GOESA, E O SEU CONTRIBUTO HISTÓRICO E SOCIAL EM PORTUGAL E NO MUNDO

GALERIA DOS GOESES ILUSTRES

INTROSPECÇÃO SOBRE A ORIGEM, O ALCANCE E OS LIMITES DA IDENTIDADE GOESA, E O SEU CONTRIBUTO HISTÓRICO E SOCIAL EM PORTUGAL E NO MUNDO

119 ANDRÉ ROBERTO DELAUNAY GONÇALVES PEREIRA (Lisboa, 26/07/1936)

15542279_683551735145455_7608091451578526132_n.jpg

 



Professor de Direito e advogado português.

Família
Filho do também advogado António Armando Gonçalves Pereira, goês católico, e de sua mulher Viviane Marie Leontine Nicole Delaunay , francesa.
Casou-se com Laura Teixeira Botelho Madeira (c. 1960).

Biografia
Estudou na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, onde se doutorou em Ciências Jurídicas, em 1962, e chegou a professor catedrático, em 1970. 

Especialista em Direito Internacional Público, é co-autor com Fausto de Quadros do manual Curso de Direito Internacional Público, considerado obra fundamental dessa matéria. 

Leccionou também em universidades estrangeiras, nomeadamente na Universidade do Rio de Janeiro, Universidade Complutense de Madrid e na Universidade Columbia. É advogado desde 1959.

Entre as funções públicas que exerceu, foi representante de Portugal na Comissão Jurídica da Assembleia Geral das Nações Unidas, de 1959 a 1966, e também representante português no Grupo de Reflexão que preparou a reforma do Tratado de Maastricht, em 1995; participou em vários organismos internacionais, como a UNESCO e o FMI; ministro dos Negócios Estrangeiros nos VII e VIII Governos, dirigidos por Francisco Pinto Balsemão.

Actualmente mantém-se como sócio da firma Cuatrecasas, Gonçalves Pereira & Associados (sucessora da Gonçalves Pereira, Castelo Branco & Associados) e é administrador (não-executivo) da Fundação Calouste Gulbenkian, desde 2002, bem como de várias sociedades comerciais.

Funções Governamentais 
VII Governo Constitucional
Ministro dos Negócios Estrangeiros

Condecorações
Brasil Grã-Cruz da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul do Brasil (16 de Janeiro de 1981)
Bélgica Grã-Cruz da Ordem de Leopoldo II da Bélgica (2 de Julho de 1981)
Brasil Grã-Cruz da Ordem de Rio Branco do Brasil (3 de Junho de 1982)
Portugal Grande-Oficial da Ordem Militar de Cristo de Portugal (3 de Agosto de 1983)
Portugal Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique de Portugal (30 de Janeiro de 2006)

em Wikipédia

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D